As 06 Metas Internacionais de Segurança do Paciente Aplicadas ao Serviço de Assistência Domiciliar

Por:  Oswaldo Roldan Anderson Junior

Gererente da Qualidade da Projeto Home Care

 

Março/2020

Em 01 de Abril de 2013, o Ministério da Saúde instituiu o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP), por meio da Portaria 529, que define diretrizes importantes sobre as metas de segurança do paciente.

 

Por ser uma empresa de atenção domiciliar, a Projeto Home Care implementa cinco destas seis metas estabelecidas no cuidado com seus clientes, e em todos os seus protocolos de atenção domiciliar.

 

As seis metas definidas pela OMS são:

 

  • Identificar corretamente o paciente;
  • Comunicação Efetiva;
  • Melhorar a segurança dos medicamentos de alta-vigilância;
  • Assegurar cirurgias com local de intervenção correto, procedimento correto e paciente correto;
  • Prevenir Infecções através da Higienização das Mãos;
  • Reduzir o risco para Quedas ou Lesão por Pressão.

 

 

06 metas de segurança do paciente Projeto Home Care

Apresentamos aqui de que forma a Projeto implementa cada uma dessas metas em sua prática diária, melhorando a qualidade na assistencia prestada por seus profissionais, otimizando a segurança do paciente em nossos processos. 

 

Meta 1 - Identificar Corretamente o Paciente

Identificar, com segurança, o paciente como sendo a pessoa para a qual se destina o cuidado, prescrição ou procedimento. 

 

Como atendemos esta meta:

 

Confirmando os dois identificadores, nome completo do paciente e DATA DE NASCIMENTO, ao receber qualquer prescrição ou solicitação de terapeutica ao cliente.

Meta 2 - Comunicação Efetiva

Desenvolver uma prática segura de comunicação, seja no modelo de passagem de informações no plantão ou em intercorrências diversas que possam ocorrer com nossos clientes.

 

Como atendemos esta meta:

 

Disponibilizamos impressos contendo telefones de urgência/emergência para acesso fácil aos nossos clientes, bem como imã contendo esses telefones para visualização e fixação em locais de rápido acesso sempre que necessário.

Aplicamos a ferramenta SBAR em nossa metodologia de comunicação para passagem de plantão, informativos de ocorrências e evolução multiprofissional. 

 

Meta 3 - Melhorar a Segurança para Medicamentos de Alta Vigilância

Implementamos estratégias que promovem a segurança do paciente e dos profissionais envolvidos no processo de utilização de Medicamentos de Alta Vigilância. Estes medicamentos possuem grande risco se administrados inadequadamente.

 

Como atendemos esta meta:

 

Disponibilizamos uma lista contendo 14 medicamentos e seus principais cuidados, e em nossas prescrições médicas existem alertas abaixo de sua indicação para os possíveis danos. Os medicamentos também são destacados com etiquetas na cor vermelha. 

Meta 4 - Assegurar cirurgias com local de intervenção correto, procedimento correto e paciente correto

Como prestamos um serviço de atenção domiciliar, não intervimos de forma direta nesta meta, pois não realizamos procedimentos invasivos nas residências. Porém, asseguramos a meta 2 de comunicação efetiva para transferências ao serviço hospitalar sempre que necessário para aqueles clientes em situações as quais serão submetidos a procedimentos invasivos.

Meta 5  - Prevenir Infecções por Meio da Higienização das Mãos

Promovemos a prevenção e controle das infecções, por meio de um programa efetivo, com ênfase na importância da prática da higienização das mãos.

 

Como atendemos esta meta:

 

Por meio de treinamentos constantes presenciais práticos ou por educação à distância, destacando a higiene das mãos em todas as prescrições de enfermagem, e disponibilizando álcool gel a nossos colaboradores. 

Meta 6 - Reduzir o Risco para Quedas ou Lesão por Pressão

Elaboramos, implementamos e monitoramos várias ações preventivas para reduzir o risco para queda e lesões por pressão na atenção domiciliar.

 

Como atendemos esta meta:

 

Avaliamos o risco de queda de todos os nossos clientes através da escala de Morse e risco para Lesão por Pressão através da escala de Braden. Após classificado desses riscos, orientamos  familiares, cuidadores e profissionais por meio de folder explicativo e registramos as ações em nosso plano educacional. Fornecemos materiais de conforto e alerta para evitar esses danos, e em nossa base de treinamento você pode encontrar várias orientações sobre o assunto.